La vida es como Uma Thurman en Kill Bill